5 itens que vão te ajudar a "chegar lá" no quarto de motel
12/12

5 itens que vão te ajudar a “chegar lá” no quarto de motel

O melhor lugar para viver aventuras é o motel. Basta dirigir próximo a um deles para trocar um sorriso de cumplicidade com a parceira. Motéis oferecem o máximo de discrição com o mínimo de burocracia (sem check-in, formulários ou chaves), o que ajuda a não quebrar o clima. E ainda motéis têm uma mística própria que só quem frequenta conhece — a finalidade óbvia do ambiente, o espelho no teto, a iluminação discreta, a cama grande e redonda, a janelinha para pagar a conta, o sentimento de que aquele universo entre quatro paredes pertence somente aos dois. Todo esse ambiente já é pra lá de estimulante, mas, se você precisar de uma forcinha, confira 5 itens que vão te ajudar a “chegar lá” no quarto do motel.

Isole-se do mundo

Poucas coisas são mais broxantes que o celular tocando logo antes ou durante — e pior, tem gente que atende! De qualquer forma, o quarto de motel é um abrigo — a mais perfeita definição do “entre quatro paredes”. E entre quatro paredes não existe mais ninguém, meu bem. Se você desliga o celular para andar de avião e ir ao cinema, não tenha medo de pegar seu celular e o do dela e arrancar as baterias dos dois, como quem diz “agora a coisa é séria”.

Tenha uma pegada forte

Somos fãs, e não abrimos mão, da cumplicidade, do consentimento e do entusiasmo — só pode rolar quando os dois querem. Então aproveitem o quarto do motel para agitar. Pegada forte, chupões, tapas no bumbum, mordidas, jogar contra a parede, gritar alto, falar palavrões, xingar o parceiro, apertar o pescoço… muitas mulheres reclamam da falta disso e não do excesso de oferta.

Utilize brinquedos

Motéis são lugares estimulantes e a melhor forma de realçar os sentidos é bloquear um ou dois deles. Uma simples venda pode fazer muito para apimentar uma transa. Algemas (inclusive leves, de tecido), cordas, um chicote, um vibrador — o quarto convida à experimentação em que vocês talvez ficariam inibidos em outro ambiente.

Encare personagens

O motel é o melhor lugar para viver fantasias, com ou sem adereços. O homem pode buscar a parceira na rua e chamá-la para o carro como se fosse uma prostituta. O casal pode brincar de interpretar agentes secretos ou investigadores policiais. Uma rivalidade saudável entre torcedores de times diferentes pode ser posta à prova na cama. Até uma brincadeira boba pode ajudar muito, como a mulher ir a uma festa sem calcinha, avisar ao parceiro disso no meio do evento e sussurrar besteiras no ouvido dele até chegar o momento de ir embora.

Não pensar demais em chegar lá

Como em muitas outras atividades, deixamos a melhor parte para a final. A dica mais importante para chegar lá, paradoxalmente, é não se esforçar demais para chegar lá. Concentrar-se demais no destino impede de curtir a viagem. Pode ser uma boa tática para o trabalho, mas certamente não para o prazer. “Relaxar e gozar” pode ser uma frase feita e clichê, mas é a única forma de gozar com gosto. O quarto de motel é um refúgio e um abrigo para deixar rolar.

E você, está morrendo de vontade de chegar lá com uma pessoa especial? Tá esperando o quê para fazer o convite para o motel?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *