Louco por pés: saiba o que é a podolatria e as formas de estimular
06/01

Louco por pés: saiba o que é a podolatria e as formas de estimular

A podolatria é uma parafilia (preferência sexual fora da normalidade) pertencente ao grupo de fetiches sexuais, ou seja, uma obsessão por algum objeto ou parte do corpo que não é muito convencional — neste caso, os pés.

O possuidor deste fetiche é o podólatra, que sente prazer intenso em ver, tocar, cheirar, lamber, beijar ou massagear os pés do parceiro. Ele pode fazer parte dos anseios sexuais de mulheres, mas em 80% dos casos é uma predileção masculina.

Este é um desejo mais comum do que imaginamos, e só perde o posto de preferência nacional na hora do sexo para os próprios órgãos sexuais.

Abordaremos agora algumas curiosidades acerca da podolatria e como você pode utilizá-la para satisfazer seu parceiro. Confira!

De onde vem o desejo pelos pés?

A podolatria é antiga e está presente até em contos de fada. Na história da princesa Cinderela, o príncipe não só se encanta pela estranha que havia dançado com ele a noite toda, como também se apaixona ao ver um sapatinho tão delicado deixado para trás.

Com o sapato em mãos, ele inicia uma busca incessante pela sua amada, experimentando-o em todas as donzelas do reino até encontrar a dona de pés tão pequeninos.

Cientificamente, uma das versões explica que podólatras tiveram algum trauma que deturpou a região da libido durante a infância, associando-a, assim, às partes incomuns.

Outras afirmam que a área do cérebro cujo estímulo é originário dos órgãos genitais é próxima da zona relacionada aos pés. Já Freud teorizou que o desejo por uma parte específica pode ser a substituição pela vontade do todo.

Há ainda quem diga que a criança, ao se deitar ou rolar no chão, fica muito próxima aos pés das pessoas queridas, sendo assim estimulada sexualmente por essa proximidade, mesmo que de forma inconsciente.

Como incentivar esse prazer?

As preferências variam de acordo com a personalidade do podólatra e são exclusivas, ou seja, nenhum fetiche pode ser igual ou estimulado pelos mesmos elementos.

Destacamos agora algumas formas de incentivar quem tem esse desejo sexual:

  • uso de salto alto, que aumenta a libido — desde que a mulher se sinta mais poderosa;
  • ter os genitais estimulados pelos pés do parceiro até atingir o orgasmo;
  • ornar os pés com acessórios.

Esses são exemplos que demonstram que a criatividade pode ser uma grande aliada na relação sexual, ajudando a obter prazer e satisfação até mesmo com parceiros que não sejam podólatras.

Quais são as preferências do podólatra?

Alguns preferem as solas dos pés, outros, os arcos. Há ainda aqueles que escolhem olhar dedos e unhas.

Para despertar alguns fetichistas, deve-se andar de pés descalços. Já outros preferem que estejam trajados em calçados ou até meias!

E não pensem que é unânime a preferência por pés bem cuidados — existem até mesmo quem prefira pés sujos, ásperos e com cheiro de suor!

Como a podolatria pode beneficiar o relacionamento?

Além do fator erótico, explorar sensualmente o parceiro através da podolatria pode ser uma forma de sair da rotina, ajudar o homem a conter a ansiedade do sexo e ter uma preliminar inabitual.

Ela proporciona momentos mais íntimos e aumenta a tensão sexual entre os parceiros.

Como a podolatria pode prejudicar o relacionamento?

A podolatria só é saudável nas relações quando a prática for consentida. Existem ocasiões em que o fetiche se torna um desvio sexual, que provoca desconforto e dor ao parceiro.

Excitar-se publicamente ao ver os pés de um desconhecido também pode ser um desvio comportamental perigoso. A ejaculação precoce devido às práticas da podolatria também prejudica a estimulação por outras maneiras.

Qualquer forma de prazer é aceitável, desde que agrade às duas partes. Usar de um fetiche para apimentar a relação pode ser interessante até mesmo com massagens do tipo do-in, já que os pés são uma parte do corpo com terminações nervosas que dão muito prazer!

Experimente massagear os pés do parceiro enquanto fizer sexo oral ou durante as preliminares. Isso não só aumenta a libido como também cria uma intimidade maior no casal.

Gostou de saber o que é podolatria? Siga-nos em suas redes sociais para aprender muito mais e transformar a sua relação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *