Você, realmente, sabe o que é um relacionamento aberto?
23/07

Você, realmente, sabe o que é um relacionamento aberto?

O tema relacionamento aberto tem sido muito discutido nos últimos anos e não é à toa. Diversos casais decidiram se tornar não monogâmicos e muitos dizem se interessar pelo assunto.

Mas será que eles realmente entendem o que é um relacionamento aberto? E você, será que sabe? Continue a leitura e tire suas dúvidas!

O conceito de relacionamento aberto

O relacionamento aberto consiste em um casal estável que pode se relacionar sexualmente com outras pessoas. Apesar de parecer simples em um primeiro momento, existem algumas questões que devem ser analisadas antes de optar por esse modelo de relacionamento.

Para começar, compreenda que o relacionamento aberto é diferente do poliamor. Enquanto na relação aberta as pessoas se envolvem com outras apenas sexualmente, no poliamor o casal está aberto para se relacionar afetivamente com outros, juntos ou não.

Embora o relacionamento aberto possa se tornar um poliamor, nem todos desejam ou esperam isso. Alguns casais querem apenas ter novas experiências sexuais com parceiros diferentes.

As regras são fundamentais

Não existe um manual de regras, na verdade, todos os limites devem ser estabelecidos, conforme a vontade do casal. Alguns preferem se relacionar apenas com desconhecidos, enquanto outros se sentem à vontade somente com pessoas conhecidas.

É preciso estabelecer limites como: pode fazer sexo na casa em que vocês moram ou só no motel? Ambos querem saber com quem o outro esteve? Você se sente confortável sabendo que seu parceiro terá relações sexuais com outras pessoas?

As regras não são fixas e podem mudar de acordo com a necessidade de cada um. Na maioria das vezes, o casal vai se ajustando até encontrar uma forma de ter um relacionamento aberto sem nenhum desconforto — e é até normal que elas mudem.

O importante é sempre manter um diálogo franco e conversar sem vergonha, pudor ou medo. A transparência é o primeiro requisito para que um casal consiga ter um relacionamento aberto. A única regra que não deve ser dispensada é a segurança.

Usar camisinha durante as relações e fazer exames regularmente é uma forma de proteger a si mesmo e aos parceiros. Os dois devem estar conscientes do risco de ter relações com várias pessoas.

Nem todos se encaixam neste formato de relacionamento

Alguns casais cometem o erro de achar que o relacionamento aberto pode salvar uma relação que não vai bem. O problema é que, para ter uma relação desse tipo, é necessário que o casal esteja bem e que tenham confiança um no outro. Se o intuito é apimentar a relação, existem outras formas de fazer isso.

É comum descobrir o sentimento de ciúmes em alguns momentos, principalmente no início, quando os dois ainda estão descobrindo os próprios limites. Nessa questão entra novamente a necessidade de diálogo.

Caso alguma das partes não esteja se sentindo confortável com a situação, e as brigas tenham se tornado frequentes, o ideal é reavaliar se vale a pena continuar tentando. Realmente existem casais que se dão muito bem em um relacionamento aberto, mas também existem aqueles que se adaptam melhor à monogamia.

Nenhum é melhor do que o outro, são apenas formatos diferentes que se encaixam para casais diferentes e cabe a vocês descobrirem qual é o melhor para a relação. Agora que você entendeu melhor o que é um relacionamento aberto fica até mais fácil saber, não é mesmo?

Se você tem vontade de iniciar o assunto, pode começar propondo um swing para casais. Nós até fizemos um artigo com dicas para que você saiba como convidar seu parceiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *