Sexo na primavera
13/11

Sexo na primavera: porque a freqüência aumenta nessa época do ano?

Provavelmente, você já reparou que tende sentir mais disposição para uma noite picante em determinados períodos do ano. De acordo com algumas pesquisas, o sexo na primavera é muito mais comum. Quer descobrir o motivo? Vamos lá!

Vale salientar que a primavera conta com o seu início com o encerramento do inverno. Quando se sucede o fenômeno do equinócio. Esse período se estende até a chegada do verão. Ou seja, quando acontece o solstício. Portanto, a primavera começou oficialmente no dia 23 de setembro e vai terminar no dia 22 de dezembro aqui no Brasil.

O que gera o aumento de sexo na primavera?

O aumento do sexo na primavera pode representar até 30% a mais em comparação com os meses mais gelados do ano. Essa mudança de comportamento entre as pessoas tem muito a ver com o sol, as roupas mais leves, os aromas mais acentuados e a temperatura mais amena.

Além disso, a possibilidade de contar com mais tempo com a iluminação natural resulta em motivação para viagens, aventuras e tempo para o lazer. Afinal, sol também provoca uma mudança no estado de espírito, interferindo na atividade hormonal. Além disso, a luz natural facilita a produção de serotonina. Essa questão oportuniza que as pessoas fiquem muito mais expansivas, comunicativas e abertas para ter relações sexuais.

A alimentação também é algo essencial no despertar dessa vontade sexual. Nos meses mais quentes, há uma vontade de consumir frutas que estimulam e acendem o desejo sexual. O abacate nas salas, os figos, as bananas e até a baunilha nas sobremesas são apenas alguns dos exemplos. Esses e tantos outros alimentos potencializam a energia sexual.

Todos esses são fatores que despertam a libido de homens e mulheres. Outro ponto é que até o sangue passa por alterações durante a primavera. Essa é uma das modificações que se nota quando chega a essa reta final do ano e que equivale muito a realidade.

De acordo com especialistas, não se trata de uma casualidade. Isso porque até os animais também registram aumento das relações na temporada das flores.

Crescimento das vendas de produtos eróticos

Todavia, as provas do aumento da freqüência de sexo na primavera não para por ai! É importante frisar que a estação também gera um crescimento de 25% na comercialização de produtos do segmento erótico. Isso em comparação com as estatísticas de venda do período de inverno, de acordo com informações da Dolce Love. Ou seja, mostra não somente uma vontade de fazer mais sexo na primavera, bem como de brincar e ousar mais na cama.

No fim das contas, as pessoas se sentem muito mais confortáveis, animadas e livres para fazer mais sexo na primavera por uma série de motivos. Por isso, inibição acaba por transcender as quatro paredes pode ser percebida até na intenção de adquirir mais itens ou os primeiros produtos eróticos.

Se você chegou até aqui, é provável que também se identifique pelo nosso artigo sobre: “Sexo no verão ou sexo no inverno: quando se transa mais?”. Para conferir o texto, basta clicar aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *